Remessas Internacionais

Essa é uma dúvida muito recorrente entre as pessoas que me acompanham.

Há também um excesso de especulação e falta de informação a respeito, por isso esse assunto está na primeira página do meu site.

As pessoas físicas e jurídicas podem comprar e vender moedas estrangeiras ou realizar transferências internacionais em reais sem limitação de valor na forma estabelecida pelo Banco Central do Brasil, observada a legalidade da transação inclusive tributária.

Sem dúvida alguma o envio de dinheiro por uma casa de câmbio é muito mais indicado, em função  da segurança, legitimidade e custos envolvidos.

Através de uma casa de câmbio você pagará uma pequena taxa fixa para a remessa independentemente do valor a ser enviado. Essa taxa fixa varia de corretora para corretora. Incidirá ainda sobre a remessa 0.38% de IOF, além de ter como referência a cotação oficial do dólar comercial.

Toda vez que você faz uma remessa através de uma corretora de câmbio, você tem um contrato de câmbio com o Banco Central do Brasil e poderá nacionalizar exatamente o mesmo valor enviado sem a incidência de impostos.

Procure por casas de cambio institucionais! Fuja de bancos e “lojas de shoppings” tendo em vista que os custos são absurdamente mais elevados.

Ainda nos bancos…

Parece mentira, mas com algumas raríssimas excessões, a grande maioria dos bancos comerciais no Brasil não sabem fazer um remessa internacional. É uma confusão só. O que nos custa tempo e stress.

Se você perguntar em seu banco qual é o Swift é capaz de perguntarem se é de comer.

Quer uma boa indicação?

botaooooooooooo

Youtube